6 maneiras de sua empresa aproveitar boas ideias dos concorrentes

Aproveitar boas ideias dos concorrentes pode trazer resultados melhores

 

As empresas enfrentam bastante concorrência e a briga por clientes pode ser grande. Não é preciso investir tanto dinheiro para ter ideias mirabolantes que não se sabe qual será o resultado.

Fazendo uma análise da concorrência é possível saber o que dá certo ou não e aperfeiçoar. A intenção é pegar as boas ideias dos concorrentes e trabalhá-las para que fiquem ainda melhores.

Digamos que seria uma cópia muito mais aprimorada e que às vezes nem seria possível perceber que a ideia já existia.

Para isso é preciso entender o que deu bons resultados e adaptar para o negócio. Conheça algumas boas maneiras de aproveitar essas ideias!

 

Invista em marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo ou inbound marketing é algo que traz resultados comprovados. Isso acontece porque o cliente encontra soluções para suas dores ao ler um texto ou ver um vídeo esclarecedor.

Por exemplo, um site que trabalha com venda de seguros recebe muitas dúvidas. Uma delas é o que fazer se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto. Para não precisar responder individualmente a mesma pergunta diversas vezes, o site cria um artigo sobre isso.

A sua empresa pode aproveitar essa ideia criando conteúdo mais completos sobre os temas mais questionados a seus concorrentes. Dessa forma vão chegar até você pelo conteúdo de melhor qualidade.

Vale a pena diversificar nas mídias, produza o mesmo tema em texto, vídeo e podcast, assim agradará a todos.

 

Abuse da realidade aumentada

O mundo virtual e real estão cada vez mais conectados. Empresas já têm apostado na realidade aumentada para fazer vendas. Recentemente a Gucci criou um tênis que só pode ser usado com aplicativo e realidade aumentada.

LEIA TAMBÉM:  Como a criação de um site fez uma empresa aumentar 1500% do seu faturamento

É possível adaptar essa realidade a sua empresa e oferecer diversos produtos “virtual”. Se possui lojas físicas, pode ir além. Em lojas que trabalham com vestuário pode oferecer espelhos virtuais onde é possível provar a roupa sem que seja preciso vesti-las de verdade.

 

Use os programas de fidelidade

Os programas de fidelidade são ideais para que as pessoas voltem a comprar na empresa, pois querem aproveitar o benefício.

Existem muitos programas que ganham pontos a cada compra e depois se trocam por recompensas. Eles funcionam e se fidelizam, mas não possuem muitos diferenciais.

Pode aproveitar as boas ideias dos concorrentes criando programas semelhantes, mas coloque diferenciais. Por exemplo, quem faz parte do programa ganha um brinde a cada compra, pode escolher uma cor para um produto que será lançado e outros.

 

Promoções funcionam

Promoções são associadas a preços baixos e ninguém quer perder uma oportunidade. Se possui um restaurante, veja o que os concorrentes estão fazendo.

Pode ser que em um dia da semana ele ofereça pratos com preços reduzidos. Faça o mesmo, porém, escolha outro dia da semana para a concorrência ser menor.

Pode oferecer outros tipos de promoções como desconto acima e um determinado valor de consumo, compre um e leve outro, etc. Promoções não faltam e não será difícil se inspirar com a concorrência.

 

Crie experiências

Essa é uma estratégia que pode ser usada tanto no ambiente on-line como no off-line. Ela consiste em oferecer um diferencial que faça com que o cliente não esqueça a sua empresa.

Em ambientes físicos vemos lojas colocando músicas ambientes, aromas e oferecendo água e café para melhorar a experiência.

No ambiente virtual é possível fazer ofertas personalizadas enquanto a pessoa navega por sites, verificar a opinião de clientes e outros. Além disso, a experiência de navegação deve ser positiva, com ela sendo rápida e páginas com layout agradável.

LEIA TAMBÉM:  5 Dicas de Marketing Digital para Atrair Mais Alunos para Sua Escola de Inglês

 

Exponha os produtos de forma diferente

Se já tem a impressão das vitrines serem todas iguais, saiba que não é o único com esse pensamento. Mas ao ver um produto exposto de forma diferente, ele chamará a atenção.

Já deve ter visto empresas que fazem as pessoas pararem na porta só para ficar admirando a vitrine. A ideia é fazer algo diferente e inovador e isso nem sempre significa ter uma decoração mirabolante.

Pode ser algo simples, mas com manequins em posições bem incomuns ou com detalhes únicos. Essa mesma regra pode ser usada no e-commerce. Com uma vitrine virtual diferente ou com os produtos expostos em lugares bem incomuns, por exemplo, embaixo d’água.

Não é preciso reinventar a roda, apenas dar uma nova função a ela. A ideia é exatamente essa, aproveitar boas ideias dos concorrentes e atrair os consumidores com elas, mas é claro que fazendo com que fiquem melhores.

Por: Jeniffer Elaina, formada em Marketing, editora do site Smartia Seguros.

 

 

 

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments