A importância do marketing digital para os dentistas

  • por
Marketing para Dentistas

Esta postagem foi atualizada em 12 de dezembro de 2020

 

Nos dias atuais, não se pode imaginar uma empresa com metas de crescimento, expansão e até mesmo permanência no mercado sem a presença digital. E isso inclui o consultório odontológico.

As pessoas estão cada vez mais presentes nas redes sociais. Crianças, jovens, adultos e até nossos avós estão conectados. Quem diria que isso poderia acontecer tão rapidamente? Mas aconteceu!

O marketing digital literalmente veio para mudar tudo no que diz respeito ao marketing e ao relacionamento com o cliente. Isso sem falar da poderosa segmentação e precisão que as mídias online oferecem em relação às mídias offline.

Para se ter uma ideia, há mais de 100 milhões de pessoas conectadas às redes sociais só no Brasil. Mais de 3 bilhões de pesquisas são realizadas no Google DIARIAMENTE. Logo, não se pode descartar estes altos números.

Do outro lado, o dentista ainda não tem essa percepção do poder do marketing digital, principalmente na captação de novos clientes para o consultório. Mas quer saber? O dentista não tem uma parcela alta de culpa nisso, pelo menos nos primeiros anos de profissão.

A graduação em Odontologia forma profissionais técnicos que, por mais que sejam orientados a montar um consultório odontológico, pouquíssimas faculdades no país oferecem alguma cadeira que fale sobre administração, marketing e gestão de consultórios.

Logo, literalmente o dentista possui uma dificuldade enorme para enxergar o consultório como uma empresa, e isso fatalmente reflete na percepção das tendências do mercado, o que inclui o forte crescimento do marketing digital bem como os benefícios que ele pode trazer para o consultório.

Conhecer a importância do marketing digital para a Odontologia é acompanhar todas as mudanças tecnológicas nesta área que estão ocorrendo.

Por exemplo, todo o dentista faz algum marketing odontológico. Contudo, na maior parte dos casos, sem sucesso ou com resultados pífios. E, em grande parte, através do uso das mídias offline.

As mídias offline são as mídias físicas que foram usadas por muito tempo e tidas como principais meios de captação de novos clientes e fortalecimento da marcas. Veja abaixo alguns exemplos:

  • Panfletos;
  • Outdoors;
  • Outbus;
  • Banners;
  • Jornais de Bairro.

Essas mídias funcionam ainda? Sim! Mas com resultados MUITO abaixo em diversos aspectos quando comparadas às mídias do marketing digital.

Por exemplo, qual a garantia que o dentista tem que um panfleteiro via entregar seus panfletos para as pessoas na rua ou vai dobrar a esquina e jogar na lata de lixo?

Ou, pior ainda: qual a garantia que o dentista terá que o panfleteiro vai entregar os panfletos para as pessoas certas?Isso é ainda mais complicado de fazer. Não entendeu? Veja a explicação adiante.

Vamos supor que o consultório trabalhe com implantes dentários. Na maioria dos casos, o público para esta especialidade odontológica encontra-se entre adultos jovens e idosos.

Logo, qual o sentido entregar os panfletos para adolescentes que passam pela rua? Neste caso, é rezar para que eles levem os panfletos para casa e entreguem aos pais, algo que acho pouco provável.

Muitos dentistas nem imaginam, mas é possível fazer uma segmentação do seu público-alvo tanto no Google quanto nas redes sociais, potencializando assim as chances de resultado. Por exemplo, na segmentação, será possível determinar:

  • A faixa etária;
  • Nível de escolaridade;
  • Interesses (saúde, boa forma, beleza, etc);
  • Raio de atuação da mídia online;
  • Horário para fazer a propaganda;
  • Quanto custou cada pessoa daquela impactada.

Rapidamente levantei variáveis e métricas que são muito complicadas de se conseguir numa panfletagem, por exemplo.

E isso aumenta consideravelmente as chances de se alcançar o objetivo, que pode ser captar novos pacientes, por exemplo.

Além disso, hoje praticamente tudo se procura na internet, em particular, no Google. Por isso é tão importante ter um site do consultório com informações relevantes sobre tratamentos odontológicos.

E esta última também pode ser otimizada, digamos, para o dentista não começar às cegas (o que irei escrever na internet)?

Há diversas ferramentas que informam o número de procuras para um determinado termo, como é o caso do Keyword Planner do Google.

Por exemplo, o termo cárie dentária e suas palavras relacionadas (cárie, cárie no dente, cárie dói, cárie tratamento, etc.) são procurados entre 10.000 a 100.000 vezes por mês.

Sabendo dos termos mais procurados pelos usuários no Google, fica mais fácil para o dentista saber sobre qual assunto escrever baseado no quantitativo de procuras, evitando assim que ele escreva sobre um determinado assunto cuja procura é ínfima a ponto de não gerar um novo visitante no site. E isso favorece bastante o marketing digital porque haverá precisão nas ações.

E, para concluir, deixarei abaixo 4 motivos que mostrarão a importância do marketing digital para o dentista e seu consultório:

1. Fortalecimento da marca do consultório no meio digital

Como mencionei acima, as pessoas hoje estão conectadas quase que toda hora e procuram informações no Google. Através do marketing digital, será possível ao dentista ser encontrado mais facilmente, aumentando drasticamente a chance de captar novos clientes.

2. Mande sua propaganda para as pessoas certas

Como é possível realizar a segmentação do seu público-alvo, existe o envio das ações de marketing para os pacientes com maior probabilidade de impacto pela mídia. Isso permite com que haja um custo menor por paciente captado para o consultório.

3. Quem sai na frente possui uma chance maior de chegar primeiro

Quantos amigos seus dentistas possuem site? Quantos possuem perfis nas redes sociais como o Facebook e Instagram ativos e relevantes? Pouquíssimos, concorda?

Só isso já seria um argumento poderoso para qualquer dentista investir pesado no marketing digital. Porque raros são os consultórios que investem nisso. Logo, há um verdadeiro oceano azul para quem quiser investir.

4. Mensuração e controle dos resultados das ações

Diferente das mídias offline, no marketing digital, será possível medir todos os resultados das ações. Por exemplo, é possível saber numa publicação de marketing feita no Facebook:

  • Quantas curtidas tiveram;
  • De onde vieram as curtidas;
  • O gênero que mais interagiu com a publicação;
  • A hora que houve mais curtidas;
  • Quanto foi o custo por cada resultado;
  • Quantas pessoas entraram em contato via messenger.

Além disso, é possível até modificar uma campanha que esteja tendo resultado pouco significativo, algo impossível de fazer em um banner, panfleto ou outdoor. Uma vez impresso, já era! Agora é esquecer o prejuízo e aprender com o erro.


O mercado odontológico está cada vez mais saturado e competitivo. E isso consequentemente reflete no desempenho de um consultório que não está preparado para uma crise de mercado.

Através do marketing digital, o dentista poderá fortalecer seu nome com excelente custo x benefício e terá um consultório muito mais lucrativo e protegido contra fatores externos.

 

LEIA TAMBÉM:  4 Tendências de Estratégias de Marketing para 2021

Dr. Wilson Correia Jr – Fundador do site Empreenda Dentista

Site: https://empreendadentista.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/empreendadentista

Instagram: http://instagram.com/empreendadentista

Contato: [email protected]

 

 

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments