A importância do monitoramento de sensores nos caminhões de refrigeração para evitar a perda de medicamentos

  • por

São Paulo, SP 10/2/2021 –

O descontrole da temperatura para transporte de medicamentos pode trazer enormes prejuízos e o monitoramento de IoT surge como alternativa ideal a esse problema.

O avanço da tecnologia impulsiona fortemente o mercado de Internet das Coisas (IoT) nos próximos anos, principalmente na área de saúde. Segundo relatório da Research and Markets, é estimado um crescimento de quase 39% até 2025.  De acordo com a pesquisa, software e sistemas são vistos como os componentes mais favoráveis no mercado, com grande possibilidade de crescimento. No Brasil, projeta-se que o mercado de saúde alcance um ganho provocado pelo IoT de US$ 39 bilhões, segundo estimativas do Plano Nacional de IoT, iniciativa do BNDES.

Os indicadores reforçam o quanto o mercado de IoT impacta o setor de saúde, possibilitando a comunicação entre equipamentos e beneficiando o atendimento médico. Por isso é fundamental que toda essa tecnologia esteja acompanhada de um monitoramento efetivo, que faz com que os dispositivos atuem a favor dos gestores. Ao monitorar status e operações é possível detectar falhas e problemas com agilidade e entrar em contato com centrais para abrir chamados de manutenção.

Monitoramento de sensores em transportes de refrigeração

No setor de saúde, é preciso ter cuidado no transporte de remédios e vacinas, principalmente no acondicionamento dos produtos. Vacinas contra a Covid-19, por exemplo, precisam ser armazenadas em temperaturas muito baixas. Desta forma, é importante contar com um monitoramento dos sensores nos transportes que notifique quando há uma variação de temperatura fora do estabelecido, tanto uma temperatura mais elevada quanto menos. Assim é possível evitar a perda de remédios e vacinas por conta do acondicionamento incorreto.   

E como funciona esse monitoramento? O sensor localizado no container do caminhão (ou qualquer outro transporte) é responsável por monitorar a temperatura, sendo conectado à rede LoRa ou até mesmo a uma rede de celular para enviar os alarmes. Conforme o tipo do sensor é possível obter dados de temperatura com frequência. Esse sensor ajuda a evitar a perda de medicamentos por conta de um descontrole da temperatura. Tudo pode ser monitorado à distância, outra grande vantagem do monitoramento de IoT.

A visibilidade e disponibilidade como fatores-chave de sucesso

LEIA TAMBÉM:  Casa do futuro terá rede 10G para conectar dispositivos de internet das coisas

Não apenas na área de saúde, o monitoramento de IoT tem sido cada vez mais adotado por empresas de todos os segmentos, principalmente com o aumento de dados no ambiente corporativo. Para isso, é importante contar com empresas que entendam do assunto, assim como a NSB.

Com o monitoramento de TI da NSB são gerenciados mensalmente mais de 5 mil switches, 10 mil roteadores, 1000 servidores e 1000 firewalls, além de mais de 50 mil tickets gerados por mês. E para trazer visibilidade e rapidez na resolução de problemas no ambiente de TI, a NSB desenvolveu o CM360 Visibilidade, um software de monitoramento de TI/IoT e visibilidade do negócio (BAM). A ferramenta monitora ativamente qualquer item que esteja conectado à internet e conta com dashboards interativos que proporcionam uma visão completa da performance de todos os ativos de tecnologia do negócio.

Website: https://nsb.com.br/monitoramento-de-ti/

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments