A startup que trouxe a passagem de ônibus para o celular

A startup que trouxe a passagem de ônibus para o celular

 

Fernando Prado, CEO e fundador da ClickBus (Foto: Cal Vasques)

A ClickBus transformou o setor rodoviário, estimulando as vendas de passagens online e trazendo o bilhete de ônibus para o celular.

Agora, o fundador da startup, Fernando Prado, 39 anos, prepara-se para expandir o negócio, com a adoção de preços dinâmicos e promoções especiais.

Confira abaixo um depoimento do empreendedor :

Guichê virtual

“Em agosto de 2013, fundei a ClickBus ao lado do meu sócio, Cesário Martins, com investimentos do fundo alemão Rocket Internet. A ideia partiu do fundo: criar um marketplace que fosse uma espécie de Decolar das viagens rodoviárias. Para bancar o modelo, nos apresentaram um estudo de Profit &Loss, mostrando que era escalável.

O primeiro obstáculo foi o relacionamento com as empresas de ônibus, que nos viam como concorrentes. Para nos aproximar das viações, firmamos um acordo com a J3, empresa que fazia a intermediação eletrônica entre as empresas que vendem passagens e as companhias de ônibus.

O acordo permitiu que fizéssemos parcerias com diversas viações ligadas à J3, o que estimulou outras empresas a aderirem ao nosso marketplace. Em novembro de 2016, fizemos a fusão com a J3, unindo o relacionamento de mercado deles com o nosso know-how de marketing digital para varejo.

Desde então, somos detentores da tecnologia e fornecedores do serviço para os demais players. Isso garantiu que o negócio se tornasse perene e sustentável. As vendas diretas para viajantes que acessam a plataforma representam de 65% a 70% do faturamento da marca, que foi de R$ 300 milhões em 2017.

O restante da receita vem das vendas realizadas em plataformas que a ClickBus opera, como o site da Rodoviária do Tietê e de diversas viações, e de parceiros como Postos Ipiranga e Decolar.”

Resistência

“Para chegar onde estamos, foi preciso vencer também a resistência do público. Ainda hoje, 94% dos passageiros se dirigem aos guichês das rodoviárias para adquirir suas passagens, seja por hábito, seja por medo de comprar pela internet. Outra dificuldade era lidar com o preconceito em relação às viagens de ônibus, associadas ao desconforto. Nos setores aéreo e hoteleiro, a migração do comportamento […]

LEIA TAMBÉM:  Marketing Digital não é solução mágica, alerta especialista em inteligência artificial

 

Ben Popov

Growth Hacker, Crypto Investor e Estrategista de Marketing Digital com mais de 18 anos de experiência. Fundador da AulaPlus - Marketing na Era Digital e BlasterPhone Telecomunicações. Ben é "importado" da Bulgária e mora no Brasil desde 2000.

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments