Pular para o conteúdo

Adeus influenciadores, a onda do momento é conteúdo gerado pelo usuário

A criação de conteúdo na internet está cada vez mais sendo criada pelo próprio usuário, tirando o lugar das publis de influenciadores.

Vivemos na era da tecnologia e da informação, onde cada dia mais a opinião de consumidores conta sobre determinado produto ou serviço. Por esse motivo, a nova onda do momento é o conteúdo gerado pelo usuário.

Temos os influenciadores, que também fazem um trabalho na internet com indicações, porém são pagos para fazer as famosas publis. Agora o que realmente tem tido retorno são os conteúdos que usuários comuns postam, “gente como a gente” que dá sua opinião real.

Neste artigo vamos abordar esse fenômeno que está acontecendo nas redes para que você entenda melhor. Continue lendo e acompanhe nosso conteúdo.

Como está o cenário na internet?

Parece que a era de ouro dos influenciadores digitais está com os dias contados, porque os profissionais de marketing de grandes marcas e agências têm alocado cada vez mais verba pelo conteúdo gerado pelo usuário (UGC, na sigla em inglês).

Assim, uma empresa de planejamento e gerenciamento de obras aloca seus recursos de mídia social para esse tipo de produto. A tendência está sendo guiada pelo TikTok e seu algoritmo, que prioriza tipos de conteúdo em detrimento da fama prévia dos criadores.

A publicidade agora está de olho nos pequenos criadores e é menos propensa a fechar negócios com celebridades da internet.

Muitas empresas adotaram o modelo UGC na pandemia por necessidade, quando as sessões de fotos e produções de vídeo estavam fora de questão. Para elas, os resultados foram surpreendentemente positivos, gerando mais engajamento e visibilidade pelo público.

Existem reclamações quanto aos anúncios de respostas diretas das ações de marketing quando trabalhado com influenciadores.

Em diversas análises, ter um conteúdo para uma empresa de gestão de documentos sem roteiro prévio e improvisado se mostrou muito mais eficaz do que o marketing de resposta direta tradicional.

Outro ponto-chave são os depoimentos, que sendo mais espontâneos, têm um impacto ainda mais positivo e funcionam em anúncios estáticos simples, com pessoas reais.

Passou-se mais de uma década que as empresas investem muito dinheiro em parceiras com grandes influenciadores, mas os profissionais de marketing estão apostando cada vez mais em acordos mais baratos com criadores amadores.

LEIA TAMBÉM:  8 Dicas Incríveis para Ganhar Seguidores no Instagram Todos os Dias

A grande meta com esse novo comportamento do marketing é encher a internet de conteúdo relacionável e autêntico, otimizado para atrair novos clientes.

O que é Conteúdo Gerado pelo Usuário (UGC)?

Vamos entender melhor o que é o UGC: qualquer coisa que alguém poste online pode entrar nessa categoria, como:

  • Textos;
  • Fotografias;
  • GIFs;
  • Vídeos.

Um estudo recente da Telus apontou que 83% dos norte-americanos postam conteúdos feitos por eles mesmos, como imagens (52%), avaliações (51%) e comentários (44%).

Por isso, profissionais de marketing estão apostando cada vez mais em acordos mais baratos com criadores amadores.

Para uma empresa de cabeamento estruturado de telefonia e rede, a facilidade da criação de UGC e as infinitas possibilidades de como fazê-lo se tornam um campo interessante a ser explorado.

Trata-se de uma relação que ambos os lados ganham, onde qualquer pessoa com uma câmera e conexão com a internet pode participar e ganhar algum dinheiro.

De todos para todos

O UGC democratiza o conteúdo, e é nisso que estão apostando os grandes nomes do marketing digital. Qualquer um que tenha um perfil em uma plataforma e esteja postando pode se tornar um criador pago, porque já está criando UGC, conteúdo gerado pelo usuário.

O segredo está em como empresas de marketing e empresas com o setor de marketing interno, como uma empresa de regularização ambiental de empresas, vai transformar isso em uma divulgação organizada.

Grandes nomes do marketing apontam o UGC como vital para amplificação e impacto das ações de marketing.

Em grandes campanhas o UGC não é usado no conteúdo que se publica em escala global, e sim um uso do UGC para alavancar e impulsionar campanhas, aumentando a conscientização.

Isso muda a natureza da conversa, porque acaba por engajar todo um público, que envolve crianças, jovens e adultos. Uma empresa de serviços de call center pode ampliar sua visibilidade investindo no conteúdo gerado por esses usuários.

De forma prática, o conteúdo gerado pelo usuário resolveu uma grande questão de como ficaria a produção de conteúdo durante a pandemia, gerando bom engajamento graças a sua autenticidade e confiabilidade.

A ideia é que, quanto mais produção é feita, maior a desconexão com o consumidor apaixonado. O conteúdo gerado por criadores comuns atrai os clientes porque é algo real, os clientes se enxergam nesses conteúdos, com um fator de entretenimento genuíno.

Isso gera uma conexão emocional com o conteúdo, que até então era inesperada pelos profissionais de marketing. Negócio como uma assessoria contábil para abertura de empresa pode ver o UGC como uma opção acessível para geração de leads e conversão de clientes.

LEIA TAMBÉM:  "A internet é muito legal, mas as redes sociais atuam como parasitas"

Isso se torna ainda mais significativo quando se trata de varejo, restaurantes e experiências locais.Na busca por um conteúdo orgânico e não por um acúmulo de seguidores, os negócios podem ser feitos por meio de trocas com criadores menores.

Um restaurante pode convidar talentosos criadores de conteúdo local para um jantar em troca de postagens. Isso certamente ajudará e terá grande influência na opinião dos clientes em geral, que querem saber opiniões reais.

Como ficam os influenciadores?

Embora o marketing esteja se afastando dos influenciadores maiores e indo em direção ao UGC, os grandes criadores ainda não precisam se preocupar. A economia dos influenciadores movimenta US$ 104 bilhões todo ano e não mostra sinais de desaceleração.

Provavelmente, à medida que cresce, continuará a se segmentar em uma ampla variedade de nichos que atendem diferentes setores e objetivos de negócios.

Usar os influenciadores do topo da cadeia ainda é uma ótima forma de iniciar a conversa sobre um novo tipo de produto e lançar novas marcas, como uma empresa de plano de gestão ambiental empresa.

No final das contas somos todos consumidores, e existe um elo formado por marcas que conversam diretamente conosco.

Como aproveitar o conteúdo gerado pelo usuário?

São várias as formas de aproveitar conteúdo gerado pelo usuário no seu negócio, e pontuamos aqui as principais. Confira.

Avaliações e depoimentos

Avaliações e depoimentos são a forma mais simples de produzir UGC, sendo possível integrá-los em seu site ou redes sociais.

Indo além dos textos, você pode incentivar o cliente a tirar fotos com seu produto e assim outras pessoas podem vê-la além das fotos oficiais. Uma dica é oferecer cupons de desconto para quem avaliar os seus produtos ou serviços, incentivando a fidelização.

Perguntas e respostas

Você pode incluir uma seção de FAQ ou um fórum de discussões dentro do seu site para incentivar a conversa entre os usuários.

É possível criar uma seção com perguntas dos próprios clientes além das questões mais frequentes, em que eles interajam respondendo dúvidas uns dos outros, como se o envio foi rápido ou se a numeração do produto corresponde ao tamanho.

LEIA TAMBÉM:  Você sabia que os micro influenciadores engajam mais que as celebridades?

Campanhas

Sua empresa de configuração de servidor de email pode também usar hashtags para incentivar a produção de conteúdo gerada pelos usuários.

Campanhas de UGC no Instagram são um bom exemplo, pois ajudam na coleta de material para exibir em sua loja virtual, gerando conversa sobre a sua marca.

Considerações finais

Quem trabalha com marketing digital sabe que seu maior desafio é criar conteúdo interessante para seu público-alvo. A ideia aqui é receber ajuda de seus próprios clientes para facilitar esse processo de criação de conteúdo.

O termo User-Generated Content se popularizou no meio digital a partir de 2005, seguindo a popularização da internet e do diálogo entre consumidores e marcas.

Atualmente a estratégia de UGC é muito utilizada por lojas de e-commerce, afinal se você faz compras online, provavelmente já foi até a sessão de comentários para checar o que outros compradores estão falando.

Para os mais diversos tipos de negócios, o conteúdo gerado pelo usuário pode ser importante. Isso porque não exige da marca um grande esforço de criação, sendo o próprio usuário que faz o trabalho.

Conte com uma sessão onde os clientes são incentivados a inserir conteúdos, experiências e opiniões, fazendo com que sua marca ganhe muito mais intimidade com seus consumidores.

Invista em um design agradável e confortável para que os clientes se sintam à vontade, sendo interessante transformar esse espaço do seu site em um lugar sem poluição.

A ideia é criar um senso de comunidade com os consumidores, agregando mais valor ao seu negócio e fazendo o nome da sua empresa.

Ao abrir esse canal, acaba indiretamente adicionando mais informações sobre seus produtos e serviços, com mais consistência e riqueza de detalhes para os consumidores.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Inscreva-se
Notificar sobre
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Adoraria seus pensamentos, por favor comente.x