História de como surgiu o design gráfico e sua evolução

 

O design gráfico ficou realmente exposto na revolução industrial. Inicialmente, os empresários usavam as tarefas de “artistas comerciais”, e essas pessoas eram principalmente impressores, letristas e retocadores. No entanto, a profissão de designer gráfico surgiu no século XX.

O design gráfico é a astúcia de desenvolver ou melhorar certos símbolos para transmitir ideias. As imagens gráficas vão além das ilustrações que descrevem a realidade, são símbolos com significados especiais e sua disposição pode lhes dar novos significados. Por exemplo, quando um homem primitivo saiu para caçar, quando ele entendeu a pegada de um animal, ele viu um sinal gráfico.

As pinturas rupestres são de grande importância para a população pré-histórica. Naquela época, a comunicação entre as pessoas era absolutamente necessária, elas se expressavam por meio de imagens desenhadas nas paredes de suas cavernas, que não só mostravam as imagens de animais e pessoas no período mencionado, mas também mostravam cenas do seu cotidiano.

Madeira, osso e pedra. Para tanto, utilizaram sangue animal, saliva, fragmentos de rocha, argila e outras ferramentas. Desde então, consideramos o uso de gráficos como a base da humanidade.

Até o final do século 19, as estampas eram em preto e branco, com algumas formas e tamanhos. Finalmente, existem algumas descobertas que mudaram completamente a tecnologia das tintas de impressão e tornaram a indústria gráfica um mundo colorido.

A dispersão das imagens coloridas chamou a atenção das pessoas e se tornou uma força motriz para artistas e público. Através da impressão litográfica, podem ser produzidos designs com tamanhos maiores, cores e letras diferentes, tornando-se um sinal de influência do design editorial e comercial.

Portanto, uma nova linguagem visual, uma nova forma de arte: ilustrações coloridas de cartazes de arte surgiram. Estes cartazes e linguagem visual têm a função de apresentação e promoção, sendo importante que as imagens e o texto sejam concisos, fáceis de ler, de qualidade de apresentação e tenham definições únicas e fáceis de compreender.

LEIA TAMBÉM:  Por que é importante investir em estratégias de conteúdo?

Antes do advento da litografia, elas eram impressas por impressão, e as ilustrações feitas por xilogravura ou gravura em metal (placa de cobre) raramente eram usadas.

Apesar da existência de fotografia, ainda não está disponível. Só foi introduzido no mercado depois da Primeira Guerra Mundial. Naquela época, havia alguns movimentos de vanguarda que usavam a tipografia e a fotografia para expressar novos conceitos artísticos.

Atualmente, verifica-se que as três funções básicas do design gráfico não mudaram. São eles: identificação; notificação e orientação; introdução e promoção.

Esses recursos permanecem os mesmos e apenas algumas alterações foram feitas. O design gráfico desenvolveu novas formas em resposta à pressão comercial e ao desenvolvimento tecnológico, ao mesmo tempo que se recria a partir de suas tradições.

Desde a década de 1980, os profissionais exploraram os benefícios dos computadores, mudando assim os padrões estéticos do design. Foi por toda essa história que a profissão cresceu tanto e hoje tem o seu valor no mercado de trabalho.
 

Tecnologia aliada a design uma nova tendência que veio para ficar

Em uma sociedade onde o tempo está se tornando mais precioso, a tecnologia oferece muitos benefícios. Nesse sentido, existe uma combinação entre tecnologia e design para automatizar o meio ambiente e melhorar a eficiência ambiental.

Essa tendência está recebendo cada vez mais atenção, inclusive como tecnologia doméstica. Afinal, as pessoas estão acostumadas com as soluções tecnológicas e querem contar com elas nos projetos de sua casa ou ambiente de trabalho.

A cultura digital visa integrar todos os departamentos da empresa. Desta forma, todos não importa onde estejam, podem trabalhar e cooperar como um todo. Desta forma, todos estarão na mesma página e dispostos a encontrar soluções inovadoras para cada projeto.

LEIA TAMBÉM:  Porque e como fazer Inbound Marketing (Marketing de Atracão)

É por isso, que hoje grandes profissionais da área usam o Mockup para expressar a realidade do seu projeto.

Combinar tecnologia e design é uma das melhores maneiras de ver coisas diferentes. Em outras palavras, problemas antigos que tinham poucas soluções no passado agora podem ser resolvidos. Isso porque surgiu uma nova forma de pensar, que é propícia à prática de novas ideias.
 

Design é sinônimo de personalização e modernidade

À medida que avançamos em direção à globalização e à cultura digital, também nos voltamos para experiências personalizadas. Ou seja, as pessoas tentam consumir o máximo de customização possível. Isso se reflete na escolha de roupas a móveis em casa. Portanto, a combinação de tecnologia e design permite que ideias personalizadas saiam da empresa de forma simples e sejam aceitas pela empresa e pelos consumidores.

O designer é o profissional criativo que vai aliar tecnologia, criatividade a realidade do seu negócio, incentiva assim o seu projeto a criar uma imagem inovadora e soluções que alie a sua marca, assim quando o cliente olha para determinada logo ou identidade visual vai lembrar de você como referência no serviço/produto ao que é prestado.

 

 

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments