Pular para o conteúdo

Marketplace x E-commerce: Por onde começar a empreender

  • por

Esta postagem foi atualizada em 21 de março de 2022

 

Vender na internet já passou da fase de ser algo raro, e agora, é considerado até padrão por grande parte das pessoas, muitas pessoas começaram a empreender e ter sua própria loja por conta do mercado virtual, afinal, as vendas on-line são uma tendência e consideradas bem mais práticas do que ter uma loja física. 

Para quem quer ser dono do próprio negócio e vender a sua junta rotativa de maneira muito mais simples, com certeza a internet é o lugar certo, mas quem está começando neste ramo sempre fica na dúvida, por onde devo começar?

Afinal, o mundo on-line é enorme e conta com uma variedade imensa de opções para os mais diversos gostos e estilos, e quem tem vontade de vender seus produtos por meios digitais, se depara com duas dúvidas: e-commerce ou marketplace?

No texto de hoje, nós vamos falar para você qual dessas duas ferramentas é a melhor para começar a empreender dentro do mundo digital, preparado? Então tenha uma ótima leitura e aproveite o texto para sanar suas dúvidas. 
 

Marketplace: o que é e para quem é?

O marketplace é um conceito coletivo de vendas online, onde existe um site que disponibiliza diversos produtos das mais diversificadas lojas, fornecendo ao seu cliente, um verdadeiro leque de opções. 

É como se fosse um “shopping virtual”, com uma variedade grande de produtos e variações de preços, fazendo com que, o vendedor, possa mostrar o seu produto junto com uma grande quantidade de concorrentes. 

LEIA TAMBÉM:  Como Construir um Funil de Vendas Poderoso para Qualquer Negócio Online

Hoje, se você quiser vender um produto específico, como uma embalagem plástica, você pode usar o marketplace sem pensar duas vezes, através dele você vai ganhar muito mais visibilidade e estar disponível para que as pessoas conheçam melhor sua loja e seus produtos, podendo também, bater de frente com seus concorrentes. 

Alguns exemplos de marketplace são: Americanas, Amazon, Casas Bahia, Ponto Frio, Shopee, Facebook Marketplace, enfim, existem inúmeros exemplos de plataformas que executam esse tipo de serviço. 

Sem dúvida, o empreendedor que quer ter maior visibilidade e já chegar com uma alta divulgação de seus produtos, deve usar o marketplace sem pensar duas vezes. Porém, é sempre bom ressaltar as taxas e comissões a terceiros, afinal, você está divulgando a sua loja em um grande portal de vendas. 
 

E o e-commerce, vale a pena?

Se no marketplace você fica restrito às regras, normas e taxas que existem pelas empresas, em um e-commerce você tem autonomia total para montar as suas próprias regras e fazer o negócio funcionar do seu jeito. 

O único custo que você terá será com a hospedagem do seu site, e a divulgação dos seus produtos, como sua caixa de papelão personalizada. No mais, você não precisará ter nenhum gasto com vendas ou qualquer outra coisa do tipo. 

Ter seu próprio negócio, traz maior liberdade e autonomia, fazendo com que você consiga explorar melhor a sua marca, dando mais chances para seu negócio crescer, além de ter um espaço maior para trabalhar suas vendas e criar um vínculo mais próximo com seus clientes. 

Em contrapartida, a divulgação pode ser mais complicada, e engrenar o negócio pode levar um tempo maior do que no marketplace, apresentando maiores dificuldades e não contando com o impulsionamento de grandes marcas. 
 

LEIA TAMBÉM:  Porque e como fazer Inbound Marketing (Marketing de Atracão)

Afinal, qual dos dois devo escolher?

Bom, agora que você já conhece mais sobre os dois canais de vendas, chegou a hora, qual dos dois é o melhor para começar a empreender? Na realidade, é que ambos são uma ótima alternativa e vai depender muito do seu objetivo e do seu estilo de vendas. 

Se você deseja um empreendimento menos lucrativo, porém com um número maior de vendas, mais facilitado, com uma enorme visibilidade e acompanhado de uma grande marca, o marketplace é o ideal para você. 

Agora se deseja ter autonomia, liberdade, crescer com seu negócio, e aproveitar melhor os seus produtos e a sua marca, o e-commerce pode ser a melhor opção. 

Lembrando que você pode ter os dois, abrir um e-commerce e depois vender mais pelo marketplace ou vice-versa, independente da sua escolha, veja qual deles se adapta melhor ao seu perfil e coloque a mão na massa. 

Qual dos dois te interessou mais? Marketplace ou E-commerce? Tem alguma preferência? Acha que algum deles pode ser melhor para iniciar um empreendimento? Deixe sua opinião nos comentários e não se esqueça de compartilhar!

Este artigo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais.

 

 

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Adoraria seus pensamentos, por favor comente.x