Pular para o conteúdo

Montar uma marmitaria: 7 passos para abrir o seu negócio

  • por
  • 28 de maio de 202228 de maio de 2022

 

Montar uma marmitaria costuma ser o desejo de diversas pessoas que possuem aptidões para a culinária e buscam uma renda extra com o negócio. 

Isso porque além de se tratar de uma necessidade básica do ser humano, é o tipo de empreendimento que ganhou força após a pandemia e o advento do home office. Entretanto, é preciso considerar alguns fatores antes de iniciar no universo das marmitas.

Primeiramente, porque o setor pode se saturar facilmente com uma concorrência muito grande. Ou mesmo, porque com os aplicativos de entrega, não basta apenas figurar em uma lista de empresas que fazem o produto. É preciso conseguir distribuí-lo.

Confira conosco um artigo exclusivo para te ajudar a montar uma marmitaria e veja o que é necessário considerar. Boa leitura!

 

Afinal, o que é uma marmitaria?

Uma marmitaria é o local onde se comercializam marmitas que são entregues no almoço e até mesmo no jantar, a partir de um serviço de delivery. Esse é um negócio rentável, já que não exige um investimento tão alto.

Contudo, é necessário ter atenção com outros detalhes, como oferecer uma boa refeição, assim como ter uma excelente equipe para realizar a entrega. De toda forma, esse é um mercado que tem crescido bastante, já que proporciona facilidade e conforto aos clientes.

Geralmente, as marmitarias trabalham com três tipos de marmitas. São elas:

  • Normal: ela é montada levando em consideração uma refeição comum no dia a dia, com alimentos tradicionais e que se encaixam na tabela nutricional do que o nosso corpo precisa.
  • Saudável: esse tipo de marmita é pedida por quem opta por comidas mais leves, que precisam manter uma alimentação mais restritiva ou específica para dietas. Elas possuem baixa caloria, com pouca ou sem fritura e alimentos naturais.
  • Fit: fazem parte dessa categoria, refeições com a quantidade de proteínas e carboidratos necessários para quem leva uma vida fitness. Nesse sentido, é uma marmita que além de ser saudável, também é balanceada. 
LEIA TAMBÉM:  7 Aplicativos de Marketing Poderosos que Alavancam seu Negócio

Vale destacar que além do preço acessível, uma marmitaria atrai consumidores devido a praticidade de ter, aonde quer que seja, um prato já montado e que ainda chega quentinho. Afinal, com uma rotina corrida, nem sempre dá tempo de preparar a própria refeição.  
 

Qual o perfil dos clientes de uma marmitaria?

O perfil dos clientes de uma marmitaria é de pessoas que geralmente não tem tanto tempo para se dedicar à própria alimentação. E os adeptos vem aumentando cada vez mais, já que, com a correria do dia a dia, eles precisam abrir mão de comer a própria comida.

Além disso, o número de pessoas que passaram a pedir marmita aumentou durante a pandemia. Isso porque, com o isolamento, além do impedimento de ir até um restaurante, muitos trabalhadores tiveram que trabalhar de casa, ficando sem tempo de fazer almoço.

Nesse sentido, uma marmitaria pode atender a públicos variados, porém, o perfil de clientes costuma ser o mesmo: trabalhadores em seu horário de almoço que não conseguem parar para fazer a sua comida, geralmente por falta de tempo.

Esse é um tipo de negócio que pode sim ser bem-sucedido. Contudo, é necessário considerar e se atentar a alguns fatores para que seja um empreendimento de sucesso. E é sobre isso que iremos falar logo abaixo. 
 

Dicas importantes antes de pensar em montar uma marmitaria

Se você está pensando em montar uma marmitaria, saiba que nem só aptidão para a culinária é o suficiente. Isso porque, para começar, é preciso análise, divulgação, procedimentos jurídicos, e muita dedicação e trabalho, inclusive nos feriados.

Dito isso, veja o que você precisa pensar antes de montar uma marmitaria. Seguindo estes 7 passos para abrir o seu negócio no ramo de mercado alimentício, suas chances de prosperar serão ainda maiores. 

Analise sua possível concorrência e veja o que eles oferecem

Ao analisar o que a concorrência está oferecendo, é possível ter uma ideia do que está dando certo ou não. Isso porque essa é uma maneira de avaliar, entre outros pontos, o tipo de refeição que mais agrada, assim como os app de pedidos que funcionam melhor.

Outro benefício nesse sentido é que você pode decidir por abrir o seu negócio em um local onde não possuam outras marmitarias. Geralmente elas se encontram em bairros centrais. Então pode ser uma boa ideia, optar por bairros afastados do centro. 

LEIA TAMBÉM:  Como fazer renda extra em 2022: 5 formas de ganhar mais dinheiro

Comece estabelecendo uma área de alcance para entrega

Estabelecer uma área de alcance para a entrega de marmitas, assim como limitar a quantidade que é feita por dia, é um fator importante para que você não prometa ao cliente algo que não é possível de ser feito. 

Além disso, essa informação é essencial ao contratar um serviço de delivery. Lembrando que as condições de entrega devem ser sempre informadas, seja no perfil da empresa, no contato do WhatsApp, ou nos aplicativos de entrega. 

Inicie um negócio dentro da legalidade

Para montar uma marmitaria, é preciso que tudo esteja dentro da lei. Por isso, além da documentação exigida para abrir qualquer empresa do ramo alimentício, é preciso que ela esteja registrada na junta comercial. Para ajudar, o ideal é contar com a assistência do Sebrae, ou contratar um contador.

Ao pagar algumas taxas e estruturando o local conforme os padrões exigidos por lei, basta manter tudo legalizado e organizado, para que, quando a fiscalização sanitária for até o seu estabelecimento, você não precise se preocupar com multas. 

Faça parceria com outros estabelecimentos

Uma excelente estratégia para ter sucesso ao montar uma marmitaria é ir atrás de parcerias com outros estabelecimentos, como hortifruti, açougues, supermercados, academias, e até mesmo empresas que trabalham com embalagens.

Além da divulgação que também pode ser feita por meio de uma parceria desse tipo, é possível conseguir bons preços na hora de comprar mercadorias. 

Estabeleça cardápios que variam durante a semana

Considere o valor nutricional dos alimentos e estabeleça um cardápio variado durante a semana. Dessa forma, além de fidelizar e atrair mais clientes, ainda é possível comprar itens mais baratos e ainda aumentar os lucros.

LEIA TAMBÉM:  5 motivos para sua empresa usar o Office 365

Nesse sentido, não deixe o cardápio estagnado, apenas com opções básicas. Diversifique as refeições, e ofereça também um bônus, como sobremesas e tipos de bebidas, como sucos naturais. 

Montar uma marmitaria precisa de divulgação e presença em apps de entrega

Não se esqueça de que esse é um mercado que dá lucro e, portanto, a concorrência é grande. Para driblar esse desafio, ao montar uma marmitaria, invista em divulgação, nas redes sociais, e com folhetos descrevendo o cardápio e tudo relacionado ao serviço.

Além disso, coloque o seu negócio nos apps de entrega. Com a evolução digital, muitos optam por fazer o seu pedido diretamente nesses aplicativos, já que os dados, como endereço de entrega, já estão inseridos, assim como a forma de pagamento.  

Esteja pronto para abrir aos fins de semana e feriados

Apesar do movimento mais alto ser em dias de semana, já que se trata de um mercado que atende, principalmente, trabalhadores nos dias comerciais, as marmitarias também funcionam em feriados e fins de semana. 

Isso porque ela também vai atender quem prefere não cozinhar nos dias de descanso, que vai receber uma visita e não teve tempo de cozinhar, ou mesmo os funcionários que trabalham de turno. 
 

Conclusão

Em resumo, para montar uma marmitaria e obter sucesso com o empreendimento, basta seguir as dicas que demos acima. Com investimento, bom planejamento, dedicação, e considerando os pontos importantes que listamos aqui, o seu negócio será rentável e próspero.

 

 

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Adoraria seus pensamentos, por favor comente.x