Plataforma Sistema IBVD oferece solução completa e econômica de ferramentas de marketing digital para empreendedores

  • por

São Paulo, SP 10/2/2021 – Nossa plataforma reúne todos os frames para uma boa operação de negócios lastreada no marketing digital, seja para produtos físicos, serviços ou infoprodutos

Provedores de serviços de marketing digital, como a plataforma Sistema IBVD, oferecem simplicidade, economia e eficiência no auxílio a empreendedores empenhados em atender a demanda crescente por produtos on-line.

O ano de 2020 foi marcado por enormes desafios e a consequência foi um elevado índice de aprendizado das organizações em um cenário atípico, 100% novo, trazido por um problema mundial de saúde pública: a pandemia de Covid-19. Esse inesperado contratempo obrigou o exercício da criatividade e revelou a capacidade de reinvenção das empresas. E o segmento que mais se destacou foi o comércio, sobretudo o digital.

Os números são expressivos. A Neotrust, consultoria especializada em analisar relatórios de vendas dos marketplaces, revelou faturamento de R$ 90 bilhões pelo e-commerce brasileiro de janeiro a setembro de 2020, crescimento superior a 70% sobre igual período de 2019.

Esse mesmo estudo revelou ainda que só no terceiro trimestre do ano passado 5,8 milhões de pessoas fizeram sua estreia nesse canal de compras e passaram a integrar o universo dos consumidores adeptos do comércio on-line.

O ganho de performance desse segmento é notável. Quem já atuava no e-commerce, claro, saiu na frente, mas o comércio tradicional adaptou-se à nova realidade e empreendedores estreantes perceberam rapidamente o crescimento da demanda e também habilitaram-se a participar do banquete.

“O que vimos nesse cenário foi uma verdadeira explosão de pequenos empreendedores de diversas regiões e bairros das grandes cidades que se apresentaram ao mercado com inovação e agilidade, atendendo às necessidades mais imediatas dos consumidores”, destaca Edmundo Roveri, CEO da plataforma Sistema IBVD, criador da comunidade Empreenda com Liberdade e autor de sete livros sobre empreendedorismo digital.

LEIA TAMBÉM:  Suvinil lança novo perfil no Instagram dedicado a pintores

Isso foi possível, segundo ele, devido às facilidades que provedores de serviços de marketing digital proporcionam aos empreendedores que têm um projeto, mas na maioria dos casos não têm os recursos apropriados. É assim a plataforma Sistema IBVD, segundo Roveri, que traz soluções simples e econômicas sem deixar de atender todas as demandas desses empresários potenciais, a maioria deles sem conhecimento técnico para planejar, estruturar e desenvolver as ferramentas necessárias às vendas on-line.

“Nossa plataforma reúne todos os frames necessários a uma boa operação de negócios lastreada no marketing digital, seja para a venda de produtos físicos, serviços ou infoprodutos”, informa Roveri.

Entre os recursos disponíveis, ele destaca a hospedagem e certificado digital gratuitos, possibilidade de criação ilimitada de páginas com SMTP próprio e domínio exclusivo, duplicação e exportação de site, vasta biblioteca de páginas prontas com mais de 200 temas, que basta um clique para ser copiada e em seguida alterada sem dificuldade, da forma que desejar, autorresposta de e-mails, disparo automático de peças de e-mail marketing e funil de segmentação de leads.

A estrutura foi pensada para facilitar o gerenciamento de equipe de colaboradores, tanto internos quanto externos. Traz ainda uma área de treinamento destinada à equipe interna, alunos ou possíveis clientes, sendo possível oferecer gratuitamente ou cobrar pelo acesso. Complementam as facilidades, relatórios do Google Analytics, que permitem medir o desempenho de cada integrante da força de vendas.

Para promover a aproximação com o cliente, diferencial imprescindível no mundo dos negócios, a plataforma Sistema IBVD destaca-se em relação às concorrentes do mercado em pontos fundamentais, fruto da experiência de Roveri no mercado do marketing digital, área em que atua há mais de 15 anos.

Por exemplo, oferece um módulo de CRM – Customer Relationship Management, para facilitar o conhecimento do perfil do cliente, robô de disparo automático de mensagens e de compartilhamento, integrações para o envio de mensagens no messenger do Facebook e gerenciamento de leads em grupos no WhatsApp.

LEIA TAMBÉM:  Passeio das Águas amplia seu mix com novas operações e segue como um dos shoppings que mais crescem no Centro-Oeste

Roveri aconselha: “O empreendedor que chega para competir no mercado ainda sem estrutura própria deve começar com plataformas simples e integradas, com preços acessíveis e fáceis de operar. Usar ferramentas isoladas e fazer a integração entre elas é um passo para ter problemas técnicos e não chegar aos resultados desejados”.

O que é comum, para empreendedores novos ou já atuantes no mercado, é ter informações relevantes sobre o comportamento e os anseios do consumidor, considerando que as compras on-line passaram a fazer parte da rotina das pessoas de todas as classe sociais, idades e perfis. Mas a experiência de compra ainda tem um vasto caminho a ser trilhado.

O E-commerce Quality Index (EQI), indicador de mercado criado pela Lett, startup de trade marketing vocacionada a aproximar marcas e consumidores, avalia a qualidade do comércio eletrônico brasileiro e aponta que o consumidor se encontra insatisfeito com o que vem sendo apresentado a ele por esse canal de vendas.

Essa insatisfação deve-se à apresentação dos produtos, às imagens exibidas e às informações oferecidas. O EQI edição 2020 analisou 92 sites de e-commerce, totalizando 5,1 milhões de páginas de produtos, e apurou índice de apenas 43%, leve elevação de apenas 8% em relação a 2019, mas aquém do ritmo crescente de um mercado que ampliou em pelo menos 70% seus resultados no ano passado.

Para atingir EQI 100, conforme os critérios do estudo, a página precisa exibir no mínimo três imagens de cada produto, 1.700 palavras ou mais na descrição, títulos entre 20 e 100 caracteres com definição de pelo menos uma categoria, média de quatro estrelas na avaliação dos consumidores e cinco ou mais comentários de compradores.

Como o atendimento e a consequente satisfação dos consumidores tem sido o que faz a empresa de varejo triunfar ou fechar as portas, a pesquisa desenvolvida pela Lett revela oportunidades reais para o empreendedor que deseja fazer a diferença no mercado. “E nós temos na plataforma Sistema IBVD instrumentos para auxiliar empreendedores dispostos a realmente inovar na satisfação do cliente”, afirma Roveri.

LEIA TAMBÉM:  A saúde e o uso de agrotóxicos na agricultura

Segundo o especialista, o e-commerce que for mais eficiente nesse quesito, ou seja, trabalhar melhor as informações on-line, ser mais efetivo e direto na comunicação de seus produtos e manter relacionamento próximo com seus clientes, obtendo feedbacks constantes e procurando ajustar-se para melhor atendê-los, terão mais possibilidades de sucesso.

Website: http://www.sistemaibvd.com

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments