Produtor rural paranaense otimiza resultados na lavoura com ferramenta de agricultura digital da Bayer

17/3/2021 –

Grupo K2 Agro, de Ponta Grossa, adota soluções da Climate FieldView™ e diminui perdas de produtividade nas culturas de soja e feijão

Tratores constantemente atualizados, piloto automático, correção de GPS e softwares de gestão financeira são algumas das soluções utilizadas pelo agricultor Cassio Kossatz para elevar a produtividade de sua lavoura. A busca recorrente por inovações levou o produtor da região dos Campos Gerais a implementar soluções de agricultura digital, como a Climate FieldView™, ferramenta da Bayer, para auxiliar na tomada de decisões. Tudo para produzir cada vez mais com menos recursos e aumentar a sustentabilidade da produção.

“Quando você usa a mesma quantidade de insumo, mas aumenta sua produtividade, há um ganho ambiental. Não necessariamente é uma economia direta de insumos, mas muitas vezes as ferramentas de precisão mostram onde é preciso adubar mais, por exemplo. A chave é usar a tecnologia para otimizar”, afirma o agricultor, proprietário da K2 Agro, com sede em Ponta Grossa (PR) e com uma área de mais de 3.600 hectares destinada ao plantio de soja, milho, feijão, trigo e cevada.

Ao combinar várias melhorias tecnológicas, há um ganho exponencial de produtividade, mas ainda assim é preciso ter subsídios para saber onde há perdas que poderiam ser revertidas, segundo Kossatz. “Tivemos dois casos assim, um deles na safra 19/20, no plantio de feijão. Tínhamos uma máquina nova e víamos que a indicação do monitor do trator estava ‘estranha’, mas não sabíamos o que seria. Com a plataforma, um supervisor encontrou o erro e fez um ajuste mecânico, para mudar a razão de marcha”, diz ele. “Se não corrigíssemos, poderíamos ter um prejuízo de até 10%. Em uma cultura de alto valor agregado, que exige um plantio mais técnico, isso não é admissível.”

LEIA TAMBÉM:  Agência de marketing digital mineira abre nova unidade em São Paulo em meio à pandemia

Outro caso em que o Climate FieldView™ contribuiu para encontrar uma perda de produtividade foi na primeira vez em que a solução da Bayer foi utilizada pela K2, conta Kossatz. “Foi o primeiro mapa de plantio que usei na minha vida. Durante a safra de soja, vimos uma falha de população que o monitor do trator não detectava. Sem o FieldView, provavelmente estaríamos com esse erro até hoje, pois não saltava aos olhos, estava na média, mas no fim a perda seria de 10% a 15%. Em 2.600 hectares de soja, não é brincadeira”, ressalta o agricultor.

“Ser um agente facilitador para o produtor rural é um dos principais objetivos de nossa ferramenta; atuando de maneira complementar as tantas outras soluções e tecnologias para, em conjunto, melhorar a eficiência de quem trabalha na lavoura. E o resultado tangível vai além do retorno financeiro, mas em várias situações como na diminuição de perdas de insumos, reforçando também o estratégico papel ambiental que as novas tecnologias trazem ao negócio”, destaca Abdalah Novaes, líder de negócios da Climate FieldView™ para a América Latina.

Ainda segundo o sojicultor paranaense, ter acesso às informações de forma organizada facilita os testes, as comparações e a constatação de diferenças dentro de cada área da propriedade. “O volume de dados gerados por uma lavoura é imenso e tem muito produtor que prefere não olhar, por ser complexo demais, mas é impossível atuar do mesmo jeito por toda a vida. As novas soluções vêm para ajudar e o acesso à informação é fundamental. Ter toda a fazenda integrada torna a operação mais eficiente, e o FieldView vem para democratizar a informação”, finaliza Kossatz.

Website: http://www.climatefieldview.com.br

Inscreva-se
Notificar sobre
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments